VIVA HERMETO

07 agosto, 2016
Hermeto Pascoal é uma referência na música instrumental contemporânea, aqui e no mundo, não à toa é conhecido como "bruxo", por sempre inovar em tirar sons de chaleiras, baldes, pedras, garrafas, brinquedos e qualquer objeto da natureza que emita som, um verdadeiro alquimista musical. Tem entre suas obras o "Calendário do Som" em que escreveu 1 composição por dia durante um ano inteiro, intitulando as músicas com os respectivos dias do ano, um documento que sempre é um guia para os amantes da música. Hermeto é autor de uma ampla e diversa obra; multi-instrumentista, é um dos mais inventivos compositores da história da música.


Para celebrar a obra e a música de Hermeto, uma homenagem mais que especial protagonizada pelo pianista André Marques, Viva Hermeto; aqui com uma fantástica formação de trio ao lado do contrabaixista John Patitucci e o baterista Brian Blade. O encontro desse trio deu-se quando André, em turnê com Hermeto na França, foi assistir ao lado do mestre ao show do saxofonista Wayne Shorter e quando entraram no camarim todos o reverenciaram de forma efusiva; e foi a oportunidade para André conhecer Pattittuci e Blade, que integram o quarteto de Shorter, surgindo a ideia de promover um disco somente com o repertório dele. André é integrante do grupo de Hermeto há muito tempo, e no encarte do disco revela que o objetivo desse projeto é fazer um recorte da sua obra como compositor. No repertório, são 13 temas com uma roupagem muito particular em que destacam-se "O Ovo", "Bebê", "Coalhada", "Chorinho pra Ele" e "Boiada"; há uma bela interpretação solo para "Ferragens"; a participação do percussionista Rogerio Boccato em "Tacho"; e um tema que nunca foi gravado por Hermeto, "Na Guaribada da Noite".

"Viva Hermeto" foi gravado no Water Music Studio, em New Jersey, e foi lançado por aqui pela gravadora Boradá.