SANTANA REVISITADO POR ELE MESMO

21 maio, 2016
É inegável a originalidade do registro da guitarra de Carlos Santana, uma marca que se faz evidente desde sua apresentação no festival de Woodstock e que se consolidou nos extraordinários primeiros álbuns de sua discografia – Santana (1969), Abraxas (1970) e Santana III (1971).
A época foi um momento de intensa explosão criativa, muito influenciada pela cultura do jazz que se unia com a energia do rock e a psicodelia fazendo emergir uma nova identidade musical que se desenvolveria por toda a década seguinte, transformando a música em surpreendentes viagens sonoras.

Desde o lançamento do álbum III, a música de Santana se transformou, se afastou do experimentalismo e se aproximou do pop e da música comercial, mas a assinatura de sua guitarra sempre esteve presente.
Passados 45 anos do lançamento de III, ele nos surpreende com Santana IV, trazendo de volta os músicos dos primeiros álbuns como o tecladista e vocalista Gregg Rolie, o baterista Michael Shrieve, o percussionista Mike Carabello e o guitarrista Neal Schon, este ainda muito jovem na época e que viria a participar também do álbum Caravanserai (1973).
A ideia desse encontro surgiu por iniciativa de Neal, que sugeriu ao líder que gravassem algo juntos, o que os levou a chamarem os amigos que participaram da sessões iniciais da época e rotularem o novo trabalho como sequência do último álbum gravado em 1973.
Lógico que, quase meio século depois, a textura do som desses caras carregaram diversas influências e nuances, mas ainda percebe-se que o romantismo criativo e lisérgico das improvisações ainda corre muito forte nas veias. 
Santana IV traz 16 composições incorporando todos os elementos que predominaram na música de Santana por todo esse tempo – os ritmos latinos, as pontuações vocais, muita percussão e muito improviso. Os fãs vão perceber muito do velho Santana e a energia chicana do timbre da sua guitarra.
A formação atual traz ainda Benny Rietveld no baixo, Karl Perazzo na percussão e Ronald Isley nas vozes.



www.santana.com/