JOHN SCOFIELD TRAZ DE VOLTA O BALANÇO EM UBERJAM DEUX

17 maio, 2014
Para o guitarrista John Scofield, o Jazz tem uma linguagem ampla, que se desenvolve para todos os gêneros que se influenciam dele e cujos artistas são tão diferentes uns dos outros; não é apenas uma experiência intelectual.

O album Uberjam Deux traz Scofield novamente em seu melhor estilo, na onda do groove, e, aqui, com sua assinatura tão original. Foram mais de 10 anos após o lançamento do album Uberjam (2002), e Scofield nem mesmo se recorda do motivo deste trabalho, a não ser pela Música em si.
No repertório, levadas Funky, Reggae e uso de loops com uma segunda guitarra ritmica, nas mãos de Avi Bortnick, fazem a estrutura deste novo album, e o resultado é uma atmosfera dançante e de muito improviso.
Ainda integram o grupo o baixista Andy Hess, os bateristas Adam Deitch e Louis Catto, e a participação mais que especial de John Medeski, que já colocou o colorido do seu Hammond em outros trabalhos de Scofield, como em "A Go Go (1998)" e "Bump (2000)"; em contrapartida, Scofield contribuiu com o Medeski Martin & Wood em "Outlouder (2006)" e "Live (2011)".

E para quem estava acostumado a ver Scofield com sua bela Ibanez AS-200 nas mãos, seu fiel instrumento por mais de 30 anos, agora ele abraça os modelos Strato e Tele. Apesar de admitir que a AS-200 ainda é seu instrumento principal, Scofield diz que é divertido tocar com outros modelos, afirmando ainda que as Strato e Tele, por mais que voce as toque, sempre terão respostas diferentes e possuem sonoridades muito particulares que a Ibanez não oferece, disse em entrevista para a o site Premier Guitar.
Seus modelos são uma Fender Strato Custom Shop Relic’d Strat e uma Ibanez Telecaster.