NÓS QUEREMOS GROOVE

18 abril, 2014
É inegável o quanto é empolgante essa fusão Funk-Soul-Jazz, criada durante a explosão criativa do meio dos anos 60 e que teve na gravadora Blue Note um forte alicerce de propagação. Um dos precursores desse movimento foi o saxofonista Lou Donaldson, era o nascimento de um groove balançado e cheio de improviso, e cuja onda levou outros gigantes do Jazz a aderirem a essa música, como Grant Green, Herbie Hancock, Freddie Hubbard, Donald Byrd, Lee Morgan, Miles Davis, George Benson, Joe Zawinul, entre tantos outros.
O início dos anos 70 manteve forte esse movimento e tambem ganhou base na gravadora CTI, liderada por Creed Taylor. O Brasil também deu sua contribuição com Eumir Deodato e Raul de Souza, nossos principais expoentes nessa onda.
A inclusão da eletrônica contribuiu muito, o uso do piano Rhodes, sintetizadores e o balanço funky da música negra, elementos determinantes para popularizar o rítmo. Daí surgiram outras fusões, lideradas pelos DJs, mixando as gravações originais com as vozes das ruas, o hip-hop e o rap, até que nos anos 90 se estabeleceu o Acid Jazz como tendência.
Dificil mesmo é não se influenciar e se contagiar por essa onda.

Joe Bonamassa

Surpreendentemente e com muita originalidade, o guitarrista Joe Bonamassa, com sua forte raiz de Blues-Rock, mostra como essa influência é marcante e que também tem domínio da linguagem fusion do Funk-Jazz. É, sem dúvida, um dos músicos mais extraordinários surgidos nos últimos tempos.
Rock Candy Funk Party traz o registro ao vivo do grupo formado por Bonamassa, Tal Bergman na bateria, Ron DeJesus na guitarra, Mike Merritt baixo, o brasileiro Renato Neto nos teclados e Daniel Sadownick na percussão. O album é o registro de três noites no clube Iridium em NY, nos dias 7, 8 e 9 de junho de 2013, lançado em CD duplo e DVD-Bluray.  Uma evolução do album de estúdio We Want Groove (J&R Rec), lançado em janeiro do mesmo ano, e que teve como referência o trabalho que o baterista Tal Bergman realizou com o guitarrista Ron DeJesus intitulado Groove Vol.1 (2007).
Rock Candy Funk Party é uma celebração ao Funk-Jazz nos anos 70 e 80.

"Foi uma experiência musical e tanto realizar esse trabalho e tocar com esses caras, foi um desafio e nos divertimos muito", disse Bonamassa.

Joe Bonamassa

São 12 composições, sendo 9 escritas pelo baterista Tal Bergman, que na verdade liderou esse projeto. É uma verdadeira viagem sonora, contagiante e balançada com muito groove e improvisos do jeito que a gente gosta. E são duas guitarras para não deixar espaço vazio - no canal esquerdo o calor da Les Paul de Bonamassa e no canal direito o som estalado das Tele e Strato de DeJesus, sem falar nas conduções rítmicas de Merritt e Bergman, no colorido percussivo de Sadownick e, fundamental, o Rhodes rasgado de Renato Neto.

O balanço Funk está presente em "Octopus-E", "Dope on a Ruge" e "Ode to Gee"; "Spaztastic" carrega uma marcação frenética acamada pelas teclas de Renato Neto e pela guitarra de Bonamassa. Até nas baladas não perderam a atmosfera da época, a bela e estonteante "New York Song" e "The Best Ten Minutes of Your Life", uma viagem quase lisérgica e que incorpora uma citação melódica de "So What" (Miles).
"Steppin in It" revive Herbie Hancock (Man Child, 1975), e nosso Renato Neto põe fogo no Rhodes; assim como em "Heartbeat", com improvisos incendiários levados pelos desenhos das linhas de baixo de Merritt e, aqui, Ron DeJesus e Bonamassa fazendo, literalmente, a casa cair .
"Mr Clean" é um clássico do mundo CTI, protagonizado pelo trompetista Freddie Hubbard (Straight Life, 1971), na época com um super time da pesada. O tema aqui é introduzido pelo wah-wah de DeJesus e Bonamassa mais uma vez largou a mão e ainda com direito a uma citação de "Jean Pierre" da fase Miles elétrico. E essa onda Miles inspirou o tema "We Want Groove" e colocaram "One Phone Call" (You´re Under Arrested, 1986), que fecha o album, dando espaço para os solos de Sadownick e Bergman.

Nós queremos Groove ?! Aí está.
Obrigatório !


www.rockcandyfunkparty.com/

Mais Joe Bonamassa -

Live at Vienna Opera House Joe Bonamassa : See Saw Joe Bonamassa : Don´t Explain Black Country Communion