CARMEN INTORRE JR EM SEU PRIMEIRO ALBUM SOLO

14 junho, 2013
O baterista Carmen Intorre Jr. nasceu em Buffalo, New York, e desenvolveu o interesse pela música ainda criança, aos 5 anos, quando iniciou os estudo na bateria. Formado pelo The Institute for Jazz Studies na Juilliard School, já tocou e gravou com muita gente, destacando-se os nomes de Benson, Coryell, Marsalis, Monty Alexander, George Coleman, Eric Alexander, Benny Golson, Bobby Watson, entre outros.

Este que vos escreve teve a oportunidade de
assistí-lo no Birdland em abril último, um dos templos da "big apple", integrando o Pat Martino Organ Quartet, e esta foi a primeira vez que assisti Martino no palco, um guitarrista com uma impressionante história musical e de vida. E Intorre Jr. mostrou-se um gigante nas baquetas, suportando o forte groove imposto pelo hammond de Pat Bianchi, o tenor de Eric Alexander e a intensa guitarra do lider.

Carmen Intorre Jr. nos apresenta seu primeiro album solo, For the Soul (Random Act Records), acompanhado pelo organista Pat Bianchi, o guitarrista John Hart e o sax de Jon Irabagon e um convidado mais que especial, Joey deFrancesco, que não poupa elogios a Intorre - "É um dos meu bateristas preferidos, tem um groove e uma pegada muito fortes e seu swing é impressionante".

For the Soul é uma sessão bem na onda organ-based e tem um repertório muito eclético que passa por Stevie Wonder em Too High, Steely Dan em Josie, Chick Corea em Steps, Freddie Hubbard em Gibraltar e Weather Report em Black Market. Um album sem fronteiras.

Sobre o disco, Intorre Jr. é direto - "Música para mim é a oportunidade em que renuncio a minha alma e me conecto com a alma do público. Eu quero que os músicos que estão comigo e as pessoas que ouvem minha música sintam-se elevados espiritualmente. Isso é o que For the Soul representa.".