FELIZ NATAL COM CHARLIE BROWN

25 dezembro, 2014
A trilha sonora de A Charlie Brown Christmas, do compositor Vince Guaraldi, tornou-se tão conhecida quanto a história em si. O tema Linus and Lucy passou a ser reconhecido como a assinatura musical das tirinhas cômicas intitulada Peanuts, criado pelo cartunista americano Charles Schulz nos anos 50. Adicionalmente, Christmas Time is Here tornou-se também uma canção popular.
A trilha sonora foi lançada pela Fantasy Records em 1965.


Uma pequena história do Natal de Charlie Brown
(fonte : wikipedia)

Charlie Brown confidencia a Linus que, mesmo chegando a data do Natal, ainda se sente deprimido, apesar dos presentes, cartões e as árvores de decoração. E sua caixa de correio está vazia. Isso é devido ao sentido materialista que as pessoas davam para a data. E sua depressão só aumenta conforme ele vai andando pela vizinhança.
Eventualmente, Charlie Brown visita Lucy em seu consultório psiquiátrico. Ela o aconselha a se envolver mais e pede a ele participar de um evento de Natal. Charlie Brown aceita, mas o que deveria ser uma lição acaba se tornando uma experiência frustrante.
Charlie Brown então passa na casa do Snoopy e o encontra freneticamente ocupado na decoração do seu lar. Depois que Charlie Brown lhe pede uma explicação sobre isso, Snoopy entrega um panfleto sobre uma competição de luzes de Natal no bairro, o que chateia muito Charlie Brown porque o seu próprio cão também se tornou materialista. Seguindo seu caminho, ele encontra sua irmã Sally, que pede para ele escrever uma carta para Papai Noel pedindo uma grande quantia de dinheiro, e isso deixa Charlie Brown ainda mais desanimado.
Enfim Charlie Brown chega para o ensaio, mas é incapaz de controlar a situação pois as crianças não cooperam e estão mais preocupadas em festejar e dançar, a música que toca é Linus and Lucy.
Charlie Brown, no entanto, está determinado a não deixar o evento se tornar tão comercial e se concentra no lado tradicional da história. Pensando que tem que manter o bom humor, decide que eles precisam de uma árvore de Natal, então Lucy assume o posto e o manda para arrumar uma grande árvore de metal.
Junto com Linus, Charlie Brown parte em sua busca, mas quando chegam ao mercado de árvores, Charlie Brown se encanta com uma pequena árvore que, ironicamente, e simbolicamente, é a única árvore real que lá tinha.
Linus fica relutante com a escolha de Charlie Brown, mas ele está convencido de que, depois de decorá-la, será perfeita para o evento. Eles voltam para o auditório da escola com a árvore e todos riem de Charlie Brown. Desesperado, Charlie Brown começa a imaginar se ele realmente sabe o que o Natal representa.
                                 
Percebendo que ele não tem que deixar o lado materialista estragar seu Natal, Charlie Brown calmamente pega a pequena árvore e vai embora. Na volta, ele para novamente na casa decorada de Snoopy, que ostenta agora uma fita premiada do concurso. Ele pega uma bola ornamental e a coloca no topo da árvore, e o galho, com a bola ainda sobre ele, prontamente se curva para o lado em vez de permanecer em pé, levando-o a declarar - "eu o matei ", com profundo desgosto.
Mas o resto da turma, percebendo o quanto estavam sendo duros com Charlie Brown, calmamente o seguiram. Então Linus vai até a árvore e gentilmente acerta os adereço de volta para a posição vertical, colocando uma proteção ao redor da árvore. Depois de adicionarem as decorações que faltavam, as crianças começaram a cantarolar uma canção de Natal.
Charlie Brown chega e fica surpreso; e as crianças então desejam a ele um Feliz Natal antes de cantar mais uma música, e Charlie Brown junta-se a eles.

Feliz Natal !