YES! TRIO

21 maio, 2012
Omer Avital já é um dos ícones do contrabaixo no jazz contemporâneo. Sua residência em New York ampliou seus horizontes e foi exatamente em um dos principais clubs de Manhattan, o Smalls, onde lançou dois excelente discos ao vivo, o último, inclusive, foi assunto aqui.

E mais um espetacular trio surge com a assinatura de Omer, agora ao lado do pianista Aaron Goldberg e o baterista Ali Jackson. Eles decidiram entrar no estúdio Systems Two no Brooklin em dezembro de 2009 e gravar o Yes! Trio, lançado pela Sunnyside Records.

Apesar de não haver uma liderança explícita por nenhum dos componentes do trio, o contrabaixo de Omer destaca-se pelo seu envolvimento melódico e pelos seus improvisos, bastante explorados neste trabalho.
Não por menos, o pianista Aaron Goldberg tem se destacado no cenário jazzistico com belíssimos trabalhos, não só como lider mas também como sideman, e é mais uma referência nas 88 teclas. Aaron é um declarado fã de Monk, Jarrett e Abdullah Ibrahim, mestres incansaveis para seus ouvidos e de quem admite ter forte influência.
Ali Jackson é o dono das baquetas na Jazz at Lincoln Center sob a batuta de Wynton Marsalis, nem precisa dizer muito.   
          
Goldberg e Jackson se conheceram em 1991 durante as audições para Manhattan School of Music;  Goldberg e Omer cruzaram-se no ano seguinte quando compareceram ao New School for Jazz and Contemporary Music; e Omer e Jackson encontraram-se no início de 1993 quando excursionavam pela Europa. Os três desenvolveram suas músicas de forma independente, participaram de diversos outros grupos e sempre estavam presentes nas jams do Smalls, um dos palcos principais da nova geração do jazz.

E a proposta do trio é puramente jazz, é uma unidade sólida formada por uma conexão muito criativa, rica de ideias e virtuosismo. A empatia entre os músicos é o ponto forte na interpretação das composições.
Omer assina Yes! e Homeland, Ali Jackson assina Aziel Dance e El Soul e o trio visita Monk (Epistrophy), Abdullah Ibrahim (Maraba Blue), Duke Ellington (The Shepherd) e Eli Degibri (Manic Depressive), este que é outro gigante do sax tenor que desponta na cena jazzistica de Manhattan.

sunnysidezone.com/album/yes