NORTH MISSISSIPI ALLSTARS ENCONTRA JOHN MEDESKI E ROBERT RANDOLPH

30 dezembro, 2011
Imagine a mistura de um nervoso country-blues, uma guitarra slide pegando fogo e a poder fusion de um hammond.

Assim é The Word (2001, Ropeadope), registro de uma verdadeira jam de southern rock com farto recheio do blues e de pitadas da atmosfera jazzy de New Orleans, alimentados pela pressão do hammond de John Medeski, a empolgação da guitarra slide e os psicodélicos riffs de Robert Randolph e a base do super grupo North Mississipi Allstars.

O North Mississipi Allstars é um grupo formado em 1996 pelos irmãos Luther e Cody Dickinson, guitarrista e baterista respectivamente, filhos do músico e produtor Jim Dickinson, mais o baixo de Chris Crew. Os garotos cresceram no norte do Mississipi onde foram envolvidos pela música country, pelo blues e pelos sons de Fred McDowell e R.L. Burnside, o que acabou tornando-se uma inspiração para os Allstars.

The Word foi lançado em 2001, uma ambição há tempos vislumbrada pelos irmãos Dickinson e Medeski, que queriam produzir um álbum gospel.
A ideia consolidou-se quando encontraram Robert Randolph, na época com 22 anos. O curioso é que Randolph somente tocava o que é conhecido como sacred steel, um tipo de música gospel tocada em orgãos nas igrejas no sul dos EUA, e ele era o protagonista em uma paróquia em New Jersey. Na época, Randolph tinha gravado somente um tema que tornou-se comercialmente famoso, "Without a God", cuja faixa foi registrada em disco em uma coletânea do estilo pelo selo Arhoolie, e isso realmente chamou a atenção dos irmãos Dickinson e de Medeski.

A história deste grupo nos levou de volta às raizes”, disse Luther Dickinson, guitarrista do North Mississipi Allstars.
Foram necessários apenas três dias no estúdio do Medeski, Martin & Wood no Brooklin, NY, onde o álbum foi finalizado. Totalmente instrumental, o resultado realmente surpreendeu e foi muito bem recebido.
A influência gospel de Randolph deu a diretriz para este trabalho em que quase a maioria dos temas são de domínio público, mas todos arrojadamente preparados com muito groove.